SISTEMA ONLINE DE ACOMPANHAMENTO DE CONGRESSOS, Congresso Internacional DIPROling 2018

Tamanho da fonte: 
A intercompreensão e o processo de internacionalização no ensino superior: proposta metodológica
Giovanni Ferreira Pitillo

Última alteração: 2019-08-23

Resumo


O trabalho aqui proposto configura-se em uma das inúmeras possibilidades de ações promotoras do processo de internacionalização. Trata-se de uma proposta de curso de línguas estrangeiras focalizado na intercompreensão de textos escritos formais ou não, constituintes do arcabouço linguístico das relações interpessoais e interinstitucionais do processo de mobilidade estudantil entre instituições de ensino superior de diferentes países. Tem como público alvo os técnicos administrativos, envolvidos diretamente com os trâmites da legalização da mobilidade estudantil, responsáveis pela leitura e compreensão de textos escritos institucionais. O material didático empregado nesse curso, fundamenta-se em formulários, demandas e preenchimentos de solicitações formais solicitados pelas universidades internacionais. Acredita-se, pois, que um curso de leitura e compreensão de textos escritos específicos da área em questão, pode contribuir sobremaneira para a formação desses técnicos e, assim, facilitar o processo de internacionalização de nossa instituição de ensino. Nesse sentido, o curso proposto fundamenta-se na concepção de aprendizagem de línguas estrangeiras sustentada pela intercompreensão linguística e considera os níveis linguístico, espacial, sociocultural e interacional que permeiam o(s) discurso(s) em análise. As ações empreendidas se sustentam no processo de interculturalidade e primam pela eficácia pessoal advinda de atitudes efetivas. Com carga horária prevista de 45 h/a, o curso proposto será oferecido pelo centro de línguas da Universidade Federal de Uberlandia: CELIN-Central de línguas.

Texto completo: PDF